Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
lorenzomachado99

7 Informações Pra Ir Em Cada Concurso Público

Dicas Para Concurseiros Iniciantes Archives


Vários candidatos enfrentam o mesmo drama de um internauta que escreveu pro G1 contando que fez mais de 20 concursos públicos em 3 anos e ainda não conseguiu ser aprovado em nenhum. Todos sabem que o projeto requer disposição. Assimilar os conteúdos e saber fazer as provas não ocorre de uma hora pra outra.


Mesmo no caso de concursos mais complexos, uma pessoa que estuda corretamente podes transportar anos para adquirir a aprovação, porém não muitos. No momento em que a fila anda e a sua vez não chega, é preciso ter excelente senso: você está mesmo evoluindo? Consegue avaliar o que está dando direito e incorreto pela preparação? De maneira geral, o problema está relacionado ao emprego do tempo.


A ligação custo-proveito necessita de ser muito bem cuidada, para que o candidato não fique patinando, em vez de percorrer para a linha de chegada. Acesse a acompanhar os motivos que conseguem impossibilitar a aprovação. Sem uma rotina, o rendimento fica prejudicado. É preciso ter tópico para realizar o plano de estudos. Desligue a televisão e o pc, e coloque o smartphone no modo silencioso. Se alguém telefonar, impeça atender ou diga que retorna depois. Aos poucos, você se acostuma - e os outros assim como. Se ocorrer algo inadiável que atrase o começo do estudo, não deixe pra começar no dia seguinte.



Comece atrasado mesmo. Se for possível repor o horário perdido, muito bom. Senão, faça um turno pequeno, Como Ser Aprovado Na Seleção Do Mestrado/doutorado . Resumindo: decida, planeje e cumpra "cegamente". Não deixe os estudos para daqui a pouco ou para amanhã. Por que candidatos desistem de concursos antes da aprovação? Como Começar A Preparar-se Pra Concurso Público é uma ótimo referência de informações, se bem usada.


Entretanto há candidatos que se perdem, buscando o equipamento perfeito, a técnica perfeita de estudo, o hiperlink “fantástico” com dicas. Isso ocupa um tempo gigantesco e alimenta a sensação de que a toda a hora ausência algo. É preferível qualquer estudo, mesmo que não seja com o utensílio genial ou com o modo notável (que, aliás, não existem), do que estudo nenhum.


Tem gente que quer aprofundar além da conta os conteúdos, desde o começo, por causa de nunca acredita que aprendeu o suficiente. Também procura deduzir todas as fórmulas e conhecer a origem dos conceitos. Desse jeito, perde-se numa infinidade de aparato ou em resumos intermináveis. O estudo não avança e a pessoa nunca chega a saber o mais sério de todas as disciplinas. Não estou falando que basta decorar as informações.


Neste instante foi o tempo em que as provas exigiam só sensacional memória. Contudo, não é preciso saber tudo de tudo para ser aprovado. Fundação Lemann Oferece Curso Gratuito Para Gestor Escolar público não é tese de mestrado ou doutorado, não é procura. Pela prova, o essencial é marcar a opção certa. Para esta finalidade, basta saber bem os principais conteúdos.


Aprofundar é algo que vem com o tempo, em uma etapa posterior da preparação, e não no início. Poderá suceder de um tópico isolado ser tão dificultoso de compreender que é melhor simplesmente deixar para lá. Não adianta gastar um tempo vasto tentando assimilar um ponto muito difícil, desde que não seja base para o discernimento do que vem a acompanhar. No futuro, talvez seja possível desatar aquele nó específico.



  1. Quais As Diferenças Entre Os Tipos De Pós-graduação? _out_map

  2. Tecnologia e o Futuro: Gerenciando Modificações e Inovação zoom_out_map

  3. Cristiano argumentou: 24/07/onze ás 22:50

  4. 3,cinco milhões de matrículas (9,oito %)

  5. Simule o Dia D



Eu adoro da analogia da preparação para concurso com a maratona. E a toda a hora digo que é preciso iniciar devagar e conservar um ritmo equilibrado e regular. Mas há 2 aspectos aí que devem ser cuidados. O ritmo muito demorado é aceitável no começo, no tempo em que o candidato se adapta à nova rotina, organiza a existência e trava os primeiros contatos com as matérias. Após um tempo, é importante que o estudo “ganhe corpo”, isto é, que o ritmo fique mais robusto, pra que os resultados possam ser percebidos.


Isso gera uma reação positiva, e realimenta a motivação para manter ou até acentuar (se for possível) o passo. O inverso poderá causar desânimo, visto que a pessoa se esforça, porém nunca chega a perceber consequência no seu patamar de entendimento. E interesse sem resultado leva à decepção. Daí pra desistência é um pulo. Mesmo após construído um ritmo forte de estudo, é necessário saber ainda apertar a tecla “turbo” no momento em que sai um agradável edital.


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl